LALESC: Grupo de estudos se reúne virtualmente para discutir Linguística e Educação.

Estudiosos de diversas áreas têm trabalhado fortemente na relação entre a ciência e a educação básica. A Linguística, ciência que estuda a linguagem, vem ganhando cada vez mais espaço nessas discussões. Um dos objetivos do Laboratório Linguística na Escola (LALESC) da UFSC é justamente refletir sobre essa interface.


Visto isso, o grupo de estudos promovido pelo laboratório visa à reflexão sobre textos que abordam essa temática. Desde abril, o grupo se encontra quinzenalmente por meios virtuais, a fim de debater propostas, pensar em estratégias e refletir sobre as possibilidades de se trabalhar com Linguística em salas de aula da educação básica.



Imagem do segundo encontro: discussão a partir da leitura de Pires de Oliveira (2020)


Compõem o grupo professores universitários da área de Linguística, professores de língua portuguesa da educação básica, egressos do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL) da UFSC, mestrandos e doutorandos do PPGL e acadêmicos de graduação em Letras.


Até o presente momento, o grupo já se reuniu três vezes: no primeiro encontro, se conheceram e trocaram suas primeiras impressões sobre o ensino de gramática e língua de um modo geral; no segundo, discutiram o texto de Pires de Oliveira (2020), "Travessias em português: reflexões naturalista sobre línguas em sala de aula", pensando no ensino de língua portuguesa para alunos estrangeiros (mas também nativos, com outra abordagem); no terceiro, a discussão se deu a partir da leitura do texto de Maia (2019), "Computação estrutural e de conjunto na leitura de períodos: um estudo de rastreamento ocular".


A ideia do grupo é discutir textos das diversas áreas da Linguística, para que se pense, de maneira ampla, no estudo de gramática(s) na Educação Básica.

15 visualizações0 comentário